A TI Safe promoverá Hackathon sobre Segurança Cibernética de Cidades Inteligentes durante a CLASS 2022.

As inscrições para o Hackathon TI Safe, competição que integra a programação complementar da CLASS, foram abertas em dezembro de 2020.  Estava tudo pronto para acontecer no início deste ano, contudo no meio do caminho nos deparamos com uma pandemia e, por segurança, foi necessário adiar. De lá para cá, muita coisa mudou, a começar pelo grau de digitalização experenciado nos últimos dois anos. Seja pelo advento do trabalho remoto, seja pelo aumento exponencial do uso do online (consultas, aulas, compras, negócios, vida) o certo é que, por mais que o presencial retorne – e já está retornando – nada será mais como antes.  As discussões sobre segurança cibernética, que estavam começando a avançar em 2020, ganharam uma urgência jamais prevista, e já estão no cerne da evolução de qualquer negócio.

Cidades Inteligentes passarão a ser também necessariamente Cidades Protegidas.

Por isto, este será o mote do novo Hackathon da TI Safe. O evento que está sendo organizado em parceria com Sistema da Federação das Indústrias do Paraná (Sistema Fiep), acontecerá de forma presencial, seguindo todos os protocolos de segurança sanitária necessários, entre os dias 13 a 15 de maio de 2022.

O Hackathon da TI Safe é voltado para a programação de aplicativos e software em um formato de maratona, o termo resulta da combinação das palavras inglesas hack (programar de forma exponencial) e marathon (maratona).

Os inscritos em 2020 serão contactados para primeira chamada em janeiro de 2021 e finalizada esta primeira etapa, caso ainda haja vagas disponíveis será aberta uma segunda fase de inscrições partir de fevereiro de 2022.

As equipes vencedoras serão premiadas com valores em dinheiro e ingressos para a CLASS 2022.

Confira o regulamento para ver todos os detalhes.

TEMAS

Os temas definidos como prioritários foram:

  • Governança;
  • Cidade em Rede;
  • Cidade do Conhecimento;
  • Transporte e Mobilidade;
  • Meio Ambiente e Biodiversidade;
  • Saúde e Bem-estar;
  • Coexistência em uma Cidade Global.

O Hackathon TI Safe, que acontecerá em Curitiba entre 13 e 15 de maio, antecedendo a Conferência Latino-Americana em Segurança SCADA, CLASS 2022, terá um desafio ainda mais amplo: Como proteger cidades inteligentes contra ataques cibernéticos?

O objetivo é realizar uma maratona de ideias para solucionar os desafios propostos pela TI Safe. Serão três dias de competição com 50 participantes, divididos em 10 equipes.

Um dos principais objetivos do desafio é deixar como legado ideias, caminhos e soluções na área de segurança cibernética que serão incorporadas ao projeto Curitiba 2035, uma iniciativa da sociedade Curitibana para a construção de diretrizes de longo prazo, que nortearão as políticas de desenvolvimento da cidade nos próximos 20 anos.